top of page
  • Foto do escritorAline Vasconcelos

Os 5 principais indicadores de performance que você precisa conhecer


Se você não acompanha os indicadores de RH você pode não estar tomando as melhores decisões na sua empresa. Os indicadores eles tem como objetivo ser capaz de verificar se os processos que está realizando estão tendo resultado, se a produtividade ou o engajamento da equipe está aumentando ou diminuindo, por exemplo.


Entender e analisar o desempenho das equipes é fundamental. Existem diversos indicadores e dados disponíveis, por isso precisamos identificar quais são os mais relevantes, que podem impulsionar o crescimento e gerar eficiência operacional. Na minha opinião, esses cinco são os que vão te ajudar a tomar as melhores decisões.


  1. Turnover

  2. E-nps

  3. SLA de vagas

  4. Desempenho e produtividade

  5. Competitividade salarial


Bônus: custo por colaborador


  1. Turnover


O índice de turnover mede a taxa de entrada e saída de colaboradores da empresa em um determinado período. Um alto turnover pode indicar problemas de retenção, clima organizacional ou insatisfação dos funcionários, afetando diretamente a produtividade e os resultados da empresa. Você pode acompanhar tanto o turnover geral (que mede entrada e saída de colaboradores) quanto o turnover de desligados (que mede apenas a saída).


Turnover geral: (Admissões no período + Demissões no período ÷ 2) ÷ Número de colaboradores no período x 100.


Turnover desligados: Demissões no período ÷ Número de colaboradores no período x 100.


2. E-nps


É uma ferramenta anônima que classifica se a empresa é um bom local para se trabalhar na visão dos colaboradores. Basicamente o colaborador irá responder a pergunta: "O quanto você recomendaria a empresa como um bom lugar de trabalho?". Com base nessas notas o colaborador é categorizado como detrator (notas de 0 a 6), neutro (notas de 7 a 8) e promotor (9 e 10). Além da pergunta, também é importante deixar um espaço para justificativa. É um formato fácil e eficaz para medir a satisfação e trabalhar nos pontos de melhoria da empresa.


% eNPS = % de promotores - % de detratores.


3. SLA de vagas


SLA são siglas para Service Level Agreement. Em português, significa Acordo de Nível de Serviço. Para área de recrutamento e seleção, o SLA está relacionado com o prazo de preenchimento de uma vaga, ou seja, é o Acordo do Nível de Serviço esperado pelo gestor para que o time de RH encerre o processo seletivo. É um indicador super importante para te trazer melhor qualidade nas contratações, alcançar reduções de custo, melhorar a produtividade dos recrutadores, além disso, um processo seletivo mais curto facilita a atração de candidatos e ajuda na tomada de decisão quando o candidato está participando de outros processos. 


Para além da velocidade garantir a assertividade da vaga sugiro utilizar metodologias como Matriz de seleção e Taxa de aderência com a empresa. Mas, isso é papo para outro post! 👀


4. Desempenho e produtividade


O indicador de produtividade e desempenho mostra se o que está sendo investido pela empresa para o colaborador está sendo refletido nos seus resultados alcançados pela empresa. Um colaborador com uma alta performance mostra que consegue produzir mais e com menos índices de erros e retrabalhos.


Para medir desempenho e produtividade nós podemos contar com avaliações de desempenho e metas individuais.


5. Competitividade salarial


Um dos grandes motivos para que um colaborador deixe uma empresa é quando ele sente que o seu salário está defasado em relação ao mercado. Esse indicador é importante para potencializar as estratégias de atração e retenção de talentos.


Competitividade salarial = salário oferecido pela empresa ÷ salário oferecido por outras empresas


Resultados abaixo de 1 indicam que o salário oferecido pela empresa está abaixo do que o restante do mercado oferece. Já resultados acima de 1 apontam que o salário é acima da média e, portanto, competitivo.


Por último o indicador bônus é o de custo por colaborador. Tá, por que esse indicador é tão importante? Todo RH estratégico deve ser parceiro do setor financeiro e acompanhar os custos do seu orçamento e de todos ligados à pessoas. Para calculá-lo, é preciso somar todos os custos que a empresa tem com o colaborador, incluindo salário, benefícios, encargos, etc. A partir desses resultados conseguimos entender se devemos mudar de fornecedor de benefício por exemplo, para ser mais estratégico e assertivo, ou fazer melhorias salariais, etc.


Para de ajudar a acompanhar esses indicadores sugiro a contratação de uma plataforma de RH. Utilize a tecnologia ao seu favor e seja o RH estratégico que tanto sonhou. 💙


Bloco conheça a witto

70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page